SOBRAMES RJ

A idéia de congregar médicos escritores de obras não científicas, nasceu na França. Em 1948, um grupo de médicos escritores organizou, na Confederação dos Sindicatos Médicos Franceses, uma exposição de obras literárias, tendo alguns de seus participantes a idéia de fundar uma associação, o que se realizou em 21 de fevereiro de 1949, "Grupement de Écrivains-Médécins" - GEM -, inicialmente com sete membros.

A partir de 1952 o GEM alcança larga projeção, espalhando-se a idéia por outros países europeus. Em 1955, quando se fundou a "Federation Internacionale des Sociétés des Ecrivains-Médécins", só a França, Itália, Suíça, e Bélgica possuíam Sociedades nacionais. Em 1957 se juntou a eles a Grécia. Em 1965, o Brasil, e depois Argentina, Venezuela, Peru e Portugal. Hoje fazem parte também Alemanha, Bulgária, Equador, Espanha, Holanda, Moçambique, e Romênia.

Em 1973, no Congresso anual, em Varsóvia, foi decidida a substituição da designação FISEM para "Union Mondiale des Écrivains-Médécins" - UMEM –.

A finalidade da UMEM é permitir aos seus membros um contato mais próximo, estabelecendo laços de amizade e compreensão entre confrades de nacionalidades diferentes, favorecendo a sua atividade literária, ajudando na difusão de suas obras e principalmente na organização de Congressos Internacionais anuais, já tendo sido organizados cinqüenta e dois, sendo o ultimo em outubro de 2008, em Dresden. Além disso, em quase todos os países, os estudantes de Medicina são estimulados a escrever obras não científicas e a participar de atividades literárias.

A Sociedade Brasileira de Médicos Escritores, SOBRAMES NACIONAL, foi fundada na cidade de São Paulo, em 23 de abril de 1965, pelo eminente cirurgião, escritor, Dr. Eurico Branco Ribeiro.

Em 1965, após participar do congresso da UMEM, na Grécia, o Dr. Eurico Branco Ribeiro fundou, em São Paulo, a Sociedade Brasileira de Escritores - Médicos - SBEM -, que em 1979, durante o VII Congresso Nacional, em Belo Horizonte, passou a chamar-se SOBRAMES - Sociedade Brasileira de Médicos Escritores.

A sociedade já teve 21 presidentes e realizou 20 congressos brasileiros, tendo 22 entidades regionais nas principais capitais do país, com a promoção de edição de livros, revistas e jornais, nos quais são divulgados textos de seus membros.

O Brasil tem mais de 2000 médicos que escrevem, porém os membros ativos estão na faixa de 700 profissionais. A sociedade tem um alcance nacional.

Transcrito do livro "Retratos"
Texto de Jane Dias - Marisa
Aragão - Leonardo Santos

SOBRAMES Nacional
A Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (SOBRAMES) fundada em 23 de abril de 1965[1], na cidade de São Paulo, é uma associação cultural, sem fins lucrativos, que congrega médicos que se dedicam à Literatura. Foi criada nos moldes da União Mundial dos Escritores Médicos (UMEM).

Nascida com a denominação de Sociedade Brasileiras de Escritores Médicos (SBEM), teve sua denominação mudada durante o seu VII Congresso brasileiro, em Belo Horizonte, no ano de 1979.

Entidades regionais
A SOBRAMES está hoje distribuída em vários estados brasileiros com a mesma finalidade:
Alagoas, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

A cada dois anos, a SOBRAMES realiza um Congresso Brasileiro de Médicos Escritores. Até o momento, já foram realizados 23 desses eventos.
 






Conheça a Estante
de Livros